Buscar
  • Cecilia Gomes

5 Vantagens de uma Gestão Financeira inteligente

Atualizado: Jul 18



Uma Gestão Financeira que funciona e ajuda sua empresa a crescer e permanecer saudável é o que chamamos de Gestão Financeira Inteligente


Não é exatamente complicado de fazer, mas algumas pessoas têm maior dificuldade em lidar com este tipo de controle - que deve ser diário. Nesses casos, o mais indicado é procurar ajuda profissional, pois você verá que fazer uma Gestão Financeira inteligente não apenas apresenta vantagens, como também será fundamental para sua empresa.



O QUE É GESTÃO FINANCEIRA?


Em linhas gerais, fazer a Gestão Financeira é a combinação do controle do dinheiro, que entra e que sai, com um planejamento de como e quando o dinheiro da empresa será usado.


É preciso manter registros diários das entradas e saídas e esses registros devem ser verificados diariamente com o saldo bancário (é o que chamamos de conciliação bancária). 


Além disso, é necessário ter um planejamento futuro, tanto das saídas, quanto das entradas.

O cruzamento dessas informações - previsão de entradas e saídas, e o que realmente está acontecendo dia a dia - é o que chamamos de Fluxo de Caixa.


VANTAGENS DE UMA GESTÃO FINANCEIRA INTELIGENTE


De nada adianta você ter uma planilha ou contratar um software de gestão poderoso se você não inserir as informações corretamente, e com frequência.


É necessário olhar atentamente, durante alguns minutos por dia, para o dinheiro da sua empresa. Lembre-se de que um negócio que não ganha dinheiro é um hobbie. É preciso fazer dinheiro, e dinheiro suficiente para cobrir todas as necessidades do negócio (que incluem a sua própria remuneração). E isso só será possível com um mínimo de controle e planejamento. Ou seja, com uma Gestão Financeira Inteligente!


1) Você vai tomar decisões mais assertivas.


Nenhuma decisão na sua empresa deve ser tomada sem consultar o Fluxo de Caixa. Das mais simples às mais complexas, é preciso saber se você tem dinheiro disponível (ou quando terá). 


Veja alguns exemplos:

- Quero assinar um aplicativo de agendamento de postagens que custa R$ 24,90 ao mês; 

- Meu site precisa de uma hospedagem mais robusta e estou pensando em migrar para uma plataforma que custará US$100 ao invés de R$200,00/ano, que pago atualmente;

- Preciso contratar uma pessoa para fazer os agendamentos com meus clientes;

- Preciso contratar uma agência de marketing;

- Preciso pagar alguém para escrever posts para o meu Blog;

- Minhas contas pessoais desse mês não fecharam e eu preciso "pegar emprestado" com a empresa;

- Preciso comprar materiais de papelaria para o escritório;

- Quero muito passar a trabalhar num coworking.


Qualquer uma dessas decisões precisa ser tomada de forma assertiva, e não de forma intuitiva. Mesmo a mais barata das ferramentas pode representar um custo que sua empresa não poderia arcar neste momento. Pode até haver dinheiro em caixa, mas será que ele já não estaria destinado a outra coisa? 


Ainda que você não possa fazer determinada coisa naquele momento, você poderá prever que no futuro tomará certa decisão (em 3 meses contratarei um funcionário; em 15 dias poderei contratar a ferramenta; no próximo ano não vou mais trabalhar de casa...), tendo boas previsões e portanto não será tomado por surpresas em relação ao dinheiro da sua empresa.


2) Você vai encontrar os problemas com maior facilidade.


Se existe algum problema na empresa, você será capaz de detectar muito mais facilmente. Isso quer dizer que você vai conseguir ver claramente o que está prejudicando a lucratividade do seu negócio. E, claro, voltando ao item 1, será possível tomar decisões mais assertivas sobre como resolver essas questões.


3) Você vai eliminar gastos desnecessários.


É muito comum que alguns gastos (especialmente os recorrentes) estejam automatizados, e você nem sequer pare para refletir se eles ainda são necessários ou fazem sentido. Muitos deles se tornam um vício, que deve ser eliminado.


Veja alguns exemplos muito simples de gastos facilmente reconhecidos (e elimináveis) quando estamos fazendo uma boa Gestão Financeira:

- Assinatura mensal de ferramenta que já foi utilizada pela empresa no passado, mas não mais;

- Assinatura mensal de curso online (que ninguém mais estuda atualmente);

- Taxas bancárias e anuidade de cartão de crédito;

- Licença anual com renovação automática de software (que foi contratado para um projeto pontual);

- Revisão de serviços terceirizados;

- Revisão de compra recorrente de materiais de higiene, limpeza e papelaria;

- Estruturação da equipe.


Poderia fazer uma lista muito mais extensa, que vai se tornando mais complexa à medida em que a empresa é maior e mais estruturada. Mas o importante é que qualquer custo deve ter um motivo, e, se não tem, deve ser eliminado.


4) Você fará melhores projeções para seu futuro.


As estatísticas de fechamento de pequenas e médias empresas são negativamente impressionantes. No Brasil, 60% das empresas fecham antes de completar 5 anos de vida e 25% quebram antes mesmo de fazerem 2 anos de existência. Mais da metade delas perde todo o dinheiro investido. O principal motivo para essas estatísticas serem assim tão gritantes é a má Gestão Financeira.


Portanto, não estou exagerando ao dizer que o sucesso e o futuro do seu negócio estão em grande medida no sucesso da sua Gestão Financeira.


Ao fazer um controle efetivo das finanças da sua empresa, você poderá planejar e prever o futuro - sem vidência e sem sustos, com base em projeções concretas.


5) Você será mais feliz.


A gestão financeira tem como objetivo tratar da saúde financeira do negócio. Ela vai ajudar a apontar questões que precisam ser tratadas e que podem ajudar no sucesso da sua empresa. 


Geralmente, quando a empresa não tem dinheiro por má gestão, pode levar um tempo até que a situação seja resolvida. O objetivo é que a sua empresa flua melhor, diminuindo as chances de surpresas e problemas.


É claro, que não se pode garantir que com uma boa Gestão Financeira tudo serão flores (até porque não se trata de milagre). Mas estamos falando realmente em aumentar as chances de sucesso e minimizar problemas.


Existe um componente nisso tudo, que diz respeito aos efeitos na sua vida pessoal, uma vez que estará com a empresa mais organizada. Vários efeitos positivos poderão ser observados (e sentidos), como por exemplo:

- Maior tranquilidade em relação ao seu negócio;

- Melhora a projeção do seu futuro (em termos de programação familiar e concretização de planos);

- Menos estresse;

- Mais qualidade no tempo livre que você tem;

- Melhores condições para sua saúde.


Caso você tenha entendido que sua empresa precisa fazer uma Gestão Financeira mais Inteligente, mas acha que precisa de ajuda, fale comigo.



32 visualizações
  • Preto Ícone YouTube
  • Black Facebook Icon
  • Preto Ícone Instagram
  • Black LinkedIn Icon